7 pessoas e dois policiais são denunciados por latrocínio na região de Londrina
7 pessoas e dois policiais são denunciados por latrocínio na região de Londrina | © Imagem Ilustrativa

O Núcleo de Londrina do Gaeco, do Ministério Público do Paraná, apresentou à Vara Criminal de Ibiporã – na região norte, denúncia contra nove pessoas – entre elas, dois policiais militares – por latrocínio (roubo com resultado morte), ocultação e destruição de cadáver, incêndio, furto, roubo agravado, extorsão agravada, receptação, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

A denúncia decorre das investigações da Operação Mar Vermelho, que apurou a existência de um grupo criminoso sediado em Ibiporã, especializado no desvio de cargas, que agia no Paraná e em São Paulo, contando com o auxílio de policiais militares.

No dia 22 de agosto de 2021, integrantes do grupo resolveram matar o líder do esquema para se apropriarem dos seus bens e assumirem o controle dos negócios ilícitos. Eles levaram a vítima para um local ermo, no município de Jataizinho, subtraíram seus bens pessoais e a obrigaram a fazer transferências bancárias, executando-a em seguida. Dias depois, dois dos envolvidos, entre eles um policial militar, voltaram ao local do crime e queimaram o cadáver.

Na denúncia, o MPPR solicita – além da condenação criminal dos envolvidos, confisco de R$ 791 mil, perda dos cargos públicos ocupados pelos policiais militares, entre outros. Esta é a primeira denúncia de uma série de fatos investigados na Operação Mar Vermelho.