Barracão Tangará promove oficina de percussão afro-baiana neste domingo em Londrina
Foto: Divulgação

A Vila Cultural Barracão Tangará recebe neste domingo (14) uma oficina gratuita de percussão afro-baiana, das 9h às 11h. Com 20 vagas disponíveis, os interessados podem se inscrever pelo contato (43) 99149-8117 (WhatsApp). Para participar não é necessário possuir experiência prévia, e a organização disponibilizará os instrumentos e acessórios durante a aula. O endereço do Barracão Tangará é rua Augusto Severo, 544, bairro Aeroporto, na zona leste da cidade. As aulas são oferecidas pelo projeto Tribo Percussão Afro Tribal Baiana, idealizado pelo produtor cultural e percussionista Luciano Baiano, que ministra a atividade. Baiano da capital Salvador, com mais de 20 anos em atividade no meio musical, seu contato com os ritmos afro iniciou ainda na juventude. Por oito anos viveu no exterior, atuando em Granada, na Espanha, como mestre de bateria da Associação Cultural Sambiosis Batucada, músico percussionista integrante da Sambiosis Afro Band e parte do núcleo de organização do evento Axé Brasil. Em 2020, de volta ao Brasil, fez parte da organização da primeira edição do evento Bahia Percussion Camp, em Salvador (BA), onde percussionistas renomados locais ministraram oficinas para participantes da Argentina, Chile, Espanha, Estados Unidos e Havaí. Também em Salvador, durante o Carnaval, foi percussionista na Festa de Yemanjá, Festa do Bomfim e Furdunço. Recentemente, atuou em 2024 no Carnaval de Londrina como percussionista do Bloco Sapucaí, em parceria com a Escola de Samba Explode Coração. Explorando a ancestralidade com ritmos como samba-reggae, rumba, samba duro, entre outros, o projeto busca celebrar e compartilhar em Londrina a herança cultural da música percussiva de raiz afro-baiana. “A percussão afro vai muito além do aprendizado dos ritmos. Temos como referência blocos que contribuíram e contribuem até hoje em dar voz às demandas sociais da comunidade periférica. O povo preto se empodera através dos ritmos, das músicas, das roupas, das danças, entre outros aspectos”, aponta Baiano. A oficina recebe patrocínio através do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), sendo uma realização da organização da sociedade civil (Osc) Arte & Vida, com apoio cultural do Centro Educacional Irmãos Acácio. A Vila Cultural Barracão Tangará também conta com o patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, via Promic. Semanalmente, às quintas-feiras, das 19h às 21h, a Tribo também realiza oficinas junto ao Movimento de Artistas de Rua de Londrina (MARL), ocorrendo no espaço da Vila Cultural Canto do MARL, na rua Duque de Caxias, 3.241, centro do munícipio. Com informações do N.Com.