Base do Samu em Londrina vai passar por obras de radequações na estrutura 
O prédio foi inaugurado há pouco mais de um ano e e custou cerca de R$5,4 milhões | Foto: Vivian Honorato / NCom

O prédio da base do Samu de Londrina (PR) vai passar por reformas após uma exigência de readequação do Corpo de Bombeiros. Os Bombeiros identificaram a necessidade de ajustes no projeto inicial de prevenção contra incêndios. Com isso, foi assinado um termo de ajuste de conduta com a prefeitura para garantir a conclusão das alterações até julho de 2025. As intervenções são estruturais e a prefeitura lançou um edital para contratar uma empresa que realizará os reparos, com um orçamento de até R$128 mil. O prazo para conclusão das melhorias é de dois meses após a assinatura da ordem de serviço.

Entre os problemas identificados, estão a regularização das saídas de emergência, a adequação do sistema fixo de hidrantes e a compartimentação da edificação. A empreiteira contratada deverá remover portas e forros de Drywall, além de instalar sinalizações com placas e fitas para melhorar a segurança do local. O prédio foi inaugurado há pouco mais de um ano e e custou cerca de R$5,4 milhões.  A obra começou em julho de 2020, foi entregue em março de 2023 após 13 aditivos no contrato e atrasos que na execução.