Churrasco fica mais barato, com queda em 19 tipos de carnes
Churrasco fica mais barato, com queda em 19 tipos de carnes | Imagem: Ilustrativa

O churrasco dos paranaenses está ‘menos salgado’ este ano. É o que revela um levantamento feito pelo Bem Paraná com base nos dados do Clique Economia, sistema mantido pela Prefeitura de Curitiba que coloca à disposição para consulta o preço de centenas de itens comercializados em mercados de médio e grande porte da Capital.

Entre os 22 tipos de carne pesquisados, com carne bovina, de frango e linguiça inclusos na lista, 19 ficaram mais baratos neste mês de junho, em relação a junho do ano passado, com quedas que chegam a superar 30%.

Passagens, combustíveis, automóveis e alimentos estão mais baratos

Numa ponta, os três produtos que mais caíram de preço foram: linguiça fina congelada, filé de peito de frango sem osso e coxa e sobre-coxa congelada. No ano passado, o quilo da linguiça era vendido a R$ 30,38. Neste ano, já recuou para R$ 20,67, uma redução de 31,97%. O filé de peito de frango, por sua vez, caiu de R$ 23,68 para R$ 16,48, enquanto o quilo da coxa e sobre-coxa passou de R$ 14,66 para R$ 10,33 (-29,5%).

Na outra ponta, os três tipos de carne que mais encareceram no período analisado foram o contra filé com osso, o músculo com osso e o coxão mole sem osso. Uma alta de 8%, 4,7% e 3%, respectivamente.

Já a picanha, que acabou se tornando uma espécie de personagem da última eleição presidencial no Brasil, ficou 15,94% mais barata nos últimos 12 meses. Em junho do ano passado o quilo da carne bovina era vendido a R$ 77,94 e agora está sendo encontrado a R$ 65,51.