Curitiba, Maringá e Londrina mantém liderança nacional em ranking de inovação e sustentabilidade
Foto: Roberto Dziura Jr/AEN

Pelo segundo ano consecutivo, o Paraná foi considerado o Estado mais inovador e sustentável do Brasil pelo ranking da consultoria Bright Cities. O estudo, que está em sua 2ª edição, leva em consideração a média dos indicadores dos três maiores municípios de cada unidade federativa. Curitiba, Maringá e Londrina aparecem entre as melhores do País. A partir dessa metodologia, a plataforma atribuiu ao Paraná nota 6,31 em uma avaliação que varia entre 4,5 e 6,49. São Paulo foi o vice-líder, com nota 6,17, seguido por Santa Catarina, com 5,95.

O ranking leva em conta indicadores usados pela Organização das Nações Unidas (ONU) para guiar melhores práticas de desenvolvimento sustentável e inclusivo. A ideia do levantamento é observar como os estados e as cidades têm trabalhado para impactar o bem-estar de seus habitantes, o meio ambiente e quais são as possíveis melhorias existentes.

Em missão internacional à Índia, onde tem como foco a busca por soluções tecnológicas inovadoras, o governador Carlos Massa Ratinho Junior comemorou o resultado. “Nos últimos anos, o Paraná se tornou uma referência nacional e internacional em desenvolvimento sustentável, demonstrando que é possível aliar altos índices de produtividade no agronegócio e na indústria com a preservação do meio ambiente”, afirmou.