Em depoimento, mulher confessa que os crânios levados de cemitério eram para ritual
Em depoimento, mulher confessa que os crânios levados de cemitério eram para ritual | © Reprodução

Uma das mulheres presas com crânios humanos na noite de quinta –feira (19) confessou que os restos mortais seriam para um ritual. A suspeita alegou que não foi ela quem pegou os crânios do Cemitério Jardim da Saudade, na zona norte de Londrina. “Eu fui junto com eles, mas quem pegou foi meu filho e ela (outra mulher)”. Ela contou ainda que não foi preciso arrombar nada já que o túmulo parecia abandonado.

Mulheres são presas após invadir cemitério e transportar crânio humano em Londrina

Mas, na manhã desta sexta-feira (20), os funcionários da Acesf localizaram jazidos danificados no cemitério e investiga se estes seriam os locais furtados. A mulher disse ainda não se lembrar de muitos detalhes porque não tem memória boa e evitou ficar perto do local.