Estão abertas as inscrições para a oficina de Captação de Recursos e Leis de Incentivo no Audiovisual.

O projeto faz parte de uma extensa programação de oficinas sobre a produção audiovisual, que tem a realização do Instituto de Cinema de Londrina – Kinoarte, com produção da Leste. As aulas irão ocorrer de 18 a 21 de março, das 19 às 21 horas.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas por meio do site do Kinoarte. Todos os encontros serão on-line e ao vivo. As aulas serão ministradas pela pós-graduada em Gestão Cultural e Políticas Culturais e produtora executiva Larissa Biasoli e pela pós-graduada em Audiovisual – Projeto e Negócio Carolina Kazumi.

A oficina terá como objetivo abordar a concepção de projetos audiovisuais (cinema e televisão) por meio de seus aspectos criativos, financeiros e estratégicos.

Com a apresentação de casos práticos como via de aproximar dos interessados a linguagem da subjetividade dos conceitos, os conteúdos ministrados serão distribuídos em quatro aulas, e divididos de acordo com o processo lógico que um processo audiovisual passa em seu financiamento. Entre os conteúdos abordados estarão: Estudos de Viabilidade, Fontes de Financiamento, Lei Federal de Incentivo à Cultura (Rouanet), Leis do Audiovisual, Comunicação, Plano de Captação e Ferramentas Comerciais, Negociação, Editais Privados, Financiamento Coletivo, Avaliação e Relatório e Gestão de Relacionamento com Patrocinadores.

Segundo a ministrante da oficina, Larissa Biasoli, as habilidades que poderão ser desenvolvidas possuem o objetivo de apresentar um primeiro panorama sobre a captação de recursos em projetos audiovisuais. “É uma abertura de portas para que as pessoas que buscam financiamento dos seus projetos possam entender e estudar as fontes de financiamento, fazendo um jogo de encaixe entre o seu projeto e os temas explorados, trazendo isso para uma plano de captação e diversificando as fontes de planejamento”, ressaltou.

Com uma carga horária de 8 horas, o curso faz parte do quarto conteúdo programático das Oficinas Kinoarte 2024, com um cronograma de atividades que ocorrerão de fevereiro a maio.

Ao todo, o programa terá quase 100 horas de conteúdos e poderá atender mais de 250 pessoas com oito oficinas gratuitas. Segundo o coordenador das Oficinas Kinoarte, Bruno Gehring, o critério abordado para as oficinas de 2024 teve como norte possibilitar uma maior inclusão e potencializar uma pluralidade de assuntos e abordagens. Ele contou que os profissionais foram escolhidos não só pela relevância na cena audiovisual, mas também por conta de suas visões modernas acerca de mudanças cada vez mais aceleradas no cinema, contribuindo com uma perspectiva atualizada do cinema de hoje e, principalmente, sobre o cinema de amanhã.

Até o momento, o projeto já recebeu três das oito oficinas programadas. Entre elas a Oficina de História do Cinema, com Celso Sabadin, a Oficina de Produção de Impacto e Redes no Audiovisual, com Nina Novaes, e a Oficina de Desenvolvimento de Curta-Metragem de Ficção, com Ana Johann. De acordo com Gehring, a recepção das oficinas tem sido uma das melhores dentre as últimas edições. “Tivemos centenas de inscrições em cada uma delas e algumas das que têm vagas limitadas já se esgotaram. O feedback de quem participa das aulas também tem sido muito bom. Dezenas de relatos ressaltando a importância das oficinas para quem assistiu as aulas foram enviados tanto para a Kinoarte como para quem ministrou as oficinas”, relatou. O projeto de oficinas sobre a produção audiovisual desenvolvido pelo Instituto de Cinema de Londrina – Kinoarte conta com o patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, com recursos advindos do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Com informações do N.Com.