Em Londrina, rua Tietê, no centro da cidade, recebe serviço de recuperação asfáltica
Para renovar o pavimento a terceirizada deve utilizar cerca de 1.200 toneladas de massa asfáltica. Foto: Reprodução/Pixabay

Como parte do programa permanente de revitalização da malha viária municipal, a Prefeitura de Londrina está realizando a restauração de pista em um trecho de cerca de 1,1 km da rua Tietê, na região central da cidade. A obra prevê a recomposição asfáltica integral, por reperfilagem, no trajeto entre a rua Bahia e avenida Rio Branco, em uma região de alto tráfego diário de veículos, na abrangência entre a Vila Recreio e a Vila Nova. Os trabalhos iniciaram na semana passada e a previsão é que sejam concluídos em um período de até 15 dias, aproximadamente, a depender das condições climáticas.

Para realizar as melhorias, a Prefeitura investirá cerca de R$ 800 mil com recursos municipais provenientes do amplo pacote de R$ 100 milhões que estão sendo aplicados para serviços de asfalto em todas as regiões da cidade. Esse projeto é financiado com valores disponibilizados via Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento voltado ao Setor Público (Finisa), celebrado pelo Município junto à Caixa Econômica Federal. As intervenções abrangem recapes, reperfilagens, implantações de micropavimentação, construção de obras de infraestrutura e trabalhos de regularização fundiária. A execução das ações de recuperação na rua Tietê está sendo conduzida pela empresa LB Asfaltos. Para renovar o pavimento a terceirizada deve utilizar cerca de 1.200 toneladas de massa asfáltica (CBUQ).

Após o término do recape, a parte da implantação da nova sinalização viária ficará sob responsabilidade da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU). Já a Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação (SMOP) faz a fiscalização e acompanha a evolução dos trabalhos. No decorrer da obra, para permitir o avanço dos serviços, haverá interdições parciais na via, conforme o andamento, mas sem bloquear a passagem pela rua. No entanto, os motoristas que transitarem pela região precisam ficar atentos à sinalização. Com informações da assessoria de imprensa.