O prazo para as empresas interessadas em participar da licitação da reforma da Unidade de Pronto Atendimento do Jardim do Sol termina na sexta-feira (08). A expectativa da prefeitura é fazer um investimento de R$ 1,5 milhão para a obra, mas, segundo o Secretário de Saúde, Felippe Machado, as empresas não conseguiram apresentar a documentação exigida pela Secretaria de Obras. A prefeitura busca agora uma solução rápida, para evitar o fracasso desta, que é a 4ª licitação sem avanço para o início das reformas.

O prédio, inaugurado em 2015, apresentou rachaduras e problemas estruturais com menos de um ano de funcionamento. Entre os serviços a serem executados estão a recuperação estrutural, como intervenções na alvenaria, revestimentos de paredes e teto, esquadrias, pisos, cobertura e instalação hidráulica e elétrica. O prazo para conclusão dessas melhorias seria inicialmente de oito meses.