Mandante da morte da mulher e do filho é condenado a 47 anos de prisão no Norte Pioneiro
Mandante da morte da mulher e do filho é condenado a 47 anos de prisão no Norte Pioneiro | © Imagem Ilustrativa

Em São Jerônimo da Serra, no Norte Pioneiro do estado, o Tribunal do Júri condenou a 47 anos de reclusão um homem denunciado pelo Ministério Público do Paraná como mandante da morte de sua ex-companheira, que tinha 20 anos de idade, e do filho dela, então com cinco anos. O crime ocorreu em 29 de setembro de 2020, quando um adolescente, a mando do réu, invadiu a casa da vítima à noite, arrombando a porta, e matou a tiros ela e a criança.

Os jurados acataram integralmente as teses do Ministério Público no julgamento: feminicídio, motivo fútil e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. Além dos dois homicídios, o réu foi condenado por corrupção de menor, já que encomendou a execução do crime a um adolescente – morto dias depois, em confronto com a Polícia Militar. O condenado está preso na Penitenciária Estadual de Londrina.