Maranhão tem 30 cidades em situação de emergência por causa das chuvas; Uma pessoa morreu
De acordo com o boletim da Defesa Civil divulgado sábado (11), 136 pessoas morreram em razão dos temporais e das cheias que atingem o estado desde o final de abril | Foto: Gustavo Mansur/ Palácio Piratini

A Defesa Civil do Maranhão informou, na quinta-feira (09), que chega a 30 o número de municípios no estado em situação de emergência em razão das chuvas. Ao todo, 1.031 famílias estão desabrigadas e 2.909, desalojadas. Uma pessoa morreu. Até o momento, segundo a Defesa Civil, o município de Santa Inês é o único em estado de calamidade pública.

As fortes chuvas que atingem todo o Maranhão desde o mês de abril têm provocado cheia em rios do estado. Segundo a Defesa Civil, as famílias atingidas estão recebendo apoio das defesas civis nos municípios. O órgão disse ainda que está trabalhando para a retirada das pessoas que estão em áreas de risco e que o governo do Maranhão tem fornecido refeições, por meio da rede de restaurantes populares.

Municípios em situação de emergência: Formosa da Serra Negra, São Roberto, São João do Sóter, Tuntum, Monção, Pindaré-Mirim, Conceição do Lago Açu, Lago da Pedra, Lagoa Grande do Maranhão, Carutapera, Governador Nunes Freire, Boa Vista do Gurupi, Trizidela do Vale, Cantanhede, Palmeirândia, Bacabal, Jenipapo dos Vieiras, Cachoeira Grande, Buriticupu, Arari, Satubinha, Anapurus, Grajaú, Colinas, Matões do Norte, Pedro do Rosário, Peri Mirim, Tufilândia, Barra do Corda e Barreirinhas. Com informações da Agência Brasil.