Marcelo Belinati participa de reunião que discutiu o ramal ferroviário Ourinhos-Londrina
Foto: Rosi Guilhen

O presidente da Associação dos Municípios do Médio Paranapanema (Amepar), Sérgio Onofre – que também é prefeito de Arapongas – na região de Londrina, participou ontem (07) de uma reunião que discutiu a recente suspensão do serviço no ramal ferroviário entre Ourinhos e Londrina. O encontro aconteceu em Curitiba e reuniu demais prefeitos da região Norte do Paraná, entre eles o de Londrina, Marcelo Belinati. O objetivo do encontro foi ouvir os representantes da Concessionária Rumo.

O prefeito Marcelo Belinati, inclusive, convidou a Rumo para explanar a suspensão do trecho em Londrina, em conjunto com a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística. Para Belinati, a suspensão do ramal Ourinhos-Londrina não foi uma coisa ruim, foi o contrário. Na mesma linha de raciocínio, o deputado estadual Tiago Amaral pontuou que com a suspensão, as cargas que iriam de Ourinhos a Londrina via trem agora vão por caminhão – que desencadeia um aumento no volume de cargas e dá mais viabilidade logística a todo o Norte do Paraná.

Eudis Furtado Filho, vice-presidente comercial da Rumo, explicou que os clientes da Rumo foram reduzindo ano a ano e os contratos em Ourinhos acabaram sendo encerrados – até porque a distância e o custo do transporte por rodovia são menores. Um exemplo é a logística de distribuição de combustíveis, que deixaram de ser feita por Ourinhos e foram transferidas para o hub de Londrina.