Mauá da Serra e Tamarana: Desvio de tráfego na PR-445 é adiado para terça-feira
O investimento é de R$ 148.032.561,17, com conclusão prevista para o segundo semestre. Foto: DER/PR

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) informa que, devido às fortes chuvas que atingem a região Norte e o Vale do Ivaí, foi adiado o início do desvio provisório de tráfego da PR-445 para a terça-feira (20), a partir das 9 horas (de Brasília). Com as chuvas não foi possível concluir os serviços de sinalização horizontal no trecho, necessários para realizar a operação com segurança.

O desvio será do km 2,24 ao km 9,16, sendo necessário para avançar nos serviços de recuperação do pavimento da rodovia – os veículos vão utilizar temporariamente as novas faixas de rolamento da duplicação, enquanto são feitos serviços na pista antiga. O trecho fica entre os municípios de Mauá da Serra e Tamarana. Os serviços incluem remendos profundos nos pontos danificados da base e sub-base da pista, remendos superficiais para tratar de danos somente na camada asfáltica, fresagem, reperfilagem com concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) e nova sinalização horizontal.

O desvio terá duração prevista de 90 dias, com o tráfego retornando para a pista antiga e permitindo continuidade dos serviços no trecho novo, que ainda vai receber sinalização vertical, plantio de vegetação no talude de corte, entre outros. A medida está incluída nos serviços da obra de duplicação da PR-445 entre Mauá da Serra e Lerroville, distrito de Londrina, em uma extensão de 27,07 quilômetros, com implantação de novas pontes sobre o Rio Apucaraninha e sobre o Rio Santa Cruz, e um novo viaduto de acesso a Tamarana. O investimento é de R$ 148.032.561,17, com conclusão prevista para o segundo semestre. Com informações da AEN.