Milho verde, quentão e cachorro-quente são destaque em Quermesse Junina do Santuário em Londrina
Crédito: Pixabay

Festas juninas não estão completas se não tiverem as comidas típicas dessa época do ano. Ou melhor, os quitutes que se degustam exatamente nesses festejos comunitários. Entre eles, milho verde, quentão e cachorro-quente. As três iguarias são presença constante na tradicional Quermesse Junina do Santuário de Nossa Senhora Aparecida, na Vila Nova em Londrina, neste ano em dois finais de semana, dias 29 e 30 de junho e dias 6 e 7 de julho. A Quermesse do Santuário tem ainda parque de diversões, barraca do peixinho e tômbola, entre outras novidades que ainda devem ser anunciadas.

Faz quase 40 anos que Roseli Carvalho Santos de Moraes e seu marido Paulo participam do Santuário. Há pouco mais de 20 eles são responsáveis pelo preparo do quentão e do milho verde. “Falou que é Festa Junina, é o que as pessoas pedem: milho e quentão”, afirma. De acordo com ela, o quentão é feito de vinho e leva ingredientes como gengibre, abacaxi, canela em pó, canela em pau, cravo e açúcar queimado. Já o milho verde é cozido depois de descascado. “Só descascar, colocar no latão e acender o fogo”, conta.

Entre os ingredientes, nada de especial. O segredo mesmo é o amor que os voluntários adicionam. O mesmo acontece com o cachorro-quente preparado por Renata Volpe, coordenadora da Pastoral Familiar. Junto com o Movimento Familiar Cristão, eles são responsáveis também pelo pastel, onde trabalha o marido de Renata, Luiz. Faz 12 anos que o casal ajuda nos festejos juninos do Santuário. “Geralmente meu marido fica no pastel e eu no cachorro-quente”, diz. O sanduíche é preparado com salsicha, maionese, ketchup e batata palha, além de um vinagrete especial. “A gente deixa só o pão com salsicha, quem não quiser algum ingrediente, dá para fazer também”. Com informações da assessoria de imprensa.