No Paraná, após ser resgatado por PMs, lobo-guará volta à natureza
Após passar por exames em uma clínica veterinária, o lobo-guará foi devolvido à natureza | © IAT

Técnicos do Instituto Água e Terra (IAT) do Núcleo Regional de Campo Mourão, no Centro-Oeste do Paraná, devolveram à natureza um lobo-guará (Chrysocyon brachyurus) que foi encontrado por policiais militares dentro do setor administrativo do Batalhão da Polícia Militar na cidade. A ação ocorreu na quinta-feira (24).

Acionado, o IAT encaminhou o animal, um macho adulto de 30 quilos e com aproximadamente 3 anos, para uma bateria de exames na clínica veterinária que funciona no campus do Centro Universitário Integrado, em Campo Mourão. A confirmação do bom estado de saúde permitiu a soltura do lobo-guará em uma das florestas da região. A ação contou com o apoio do Batalhão de Polícia Ambiental – Força Verde.

O lobo-guará é uma das espécies que aparece na lista de vulneráveis do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, correndo risco de extinção. De acordo com a autarquia, levantamento em 2020 apontou para a existência de apenas 5.642 indivíduos no País.

Outra estatística preocupante é que, ainda segundo o ICMBio, cerca de 1,5 mil lobos-guará são atropelados por ano no País. Qualquer cidadão pode apoiar o Estado a proteger os animais em situação vitimada, maus-tratos, tráfico ilegal, cativeiro irregular ou atropelamento. As denúncias podem ser feitas ao IAT ou ao Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde, da Polícia Militar do Paraná. Se preferir, o cidadão pode ligar para o Disque Denúncia 181.

Com informações da AEN.