Novo portal do Siglon oferece diversas informações sobre Londrina para a população
O portal também possui arquivos para download na extensão KMZ, que possibilita a visualização no Google Earth e pode ser utilizado em diversas ferramentas GIS gratuitas. Foto: Emerson Dias/NCom

O Sistema de Informações Geográficas de Londrina (Siglon) passou a contar com um novo portal, que reúne um grande número de materiais para a consulta da população, incluindo todos os aplicativos públicos desenvolvidos pelo Município no sistema ArcGIS. Acessível neste link – https://geo.londrina.pr.gov.br –, o novo endereço conta com mapas georreferenciados e ferramentas disponibilizadas por diversas secretarias e órgãos. Há informações sobre a localização das escolas municipais, buscador de jazigos nos cemitérios públicos, mapa da coleta seletiva e esquemas explicativos das leis do Plano Diretor, entre outros materiais.

O portal também possui arquivos para download na extensão KMZ, que possibilita a visualização no Google Earth e pode ser utilizado em diversas ferramentas GIS gratuitas. Apresenta, ainda, vários arquivos de mapas de alta resolução em formato PDF, que podem ser baixados, salvos e impressos pelos usuários. A iniciativa, que levou cerca de um ano para ser concluída, foi desenvolvida pela Gerência de Sistema de Informações Geográficas de Londrina da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), pertencente à Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia (SMPOT). Há seis meses, a DTI enviou um comunicado às secretarias e órgãos municipais, incentivando-os a conhecerem o projeto do portal, atualizarem seus dados e encaminharem informações para inclusão na nova versão. Desde então, os materiais têm sido adicionados ao novo portal, com o objetivo de disponibilizar cada vez mais dados e informações georreferenciadas sobre a cidade de Londrina.

O secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, destacou que o Siglon é um instrumento importante para o planejamento da cidade. “Esse sistema possibilita que a gente tenha uma fotografia do município atualizada continuamente. Dessa forma, podemos analisar como a cidade está crescendo, e que locais precisam de escolas, de UBS e outros serviços. Isso acaba atendendo os mais variados órgãos, principalmente aqueles que atuam externamente em diversas regiões, como as secretarias de Assistência Social, de Obras e Pavimentação, de Educação e de Saúde. Ou seja, o Siglon é um patrimônio da administração municipal, e a Secretaria de Planejamento se orgulha muito de ter bons profissionais e equipamentos de última geração. Sempre procuramos dar condições para que nossos servidores desenvolvam um trabalho de excelência”, salientou Canhada.

Segundo o diretor de Tecnologia da Informação da SMPOT, Márcio Horaguti, o novo portal é o resultado prático da somatória dos investimentos da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, com o esforço da equipe responsável pelo Siglon. “Nossos servidores estão atuando junto às secretarias municipais, buscando melhorar sempre e transformar dados em informações. O novo portal traz muitas informações ricas, através de diferentes camadas georreferenciadas, com diversas aplicações. Isso é útil tanto para os cidadãos quanto para os gestores, que podem usar o portal para fazer pesquisas e tomar decisões. Hoje, por exemplo, o processo de matrícula de todos os alunos da rede municipal é feito com o uso do georreferenciamento, que mostra as unidades escolares mais próximas das residências das crianças. Assim, elas são alocadas para estudar perto de casa”, frisou Horaguti.

A gerente de Sistemas de Informação Geográfica de Londrina, Cinthia Camillo, sublinhou que o novo portal do Siglon é melhor visualizado em telas grandes, como tablets e desktops, devido à grande quantidade de detalhes e informações. “Anteriormente, o Siglon já tinha uma página on-line com muitas informações agregadas, mas o novo portal mostra esses aplicativos de forma separada, o que facilita que as pessoas as encontrem. Além disso, incluímos informações que não estavam no site mais antigo do Siglon, como aplicativos de secretarias, fotos dos cemitérios municipais e download de mapas de Londrina em PDF para impressão. Dessa forma, o novo portal contribui para a transparência e acessibilidade das informações para a população”, finalizou. Com informações do N.Com.