Polícia Civil toma novos depoimentos no caso do menino desaparecido
Polícia Civil toma novos depoimentos no caso do menino desaparecido | © PCPR

A delegada Lívia Pini, da Polícia Civil de Londrina, no norte do Paraná, ouviu novamente mãe e o namorado dela na tarde desta terça-feira (13), e não acredita haver suspeita de que eles tenham cometido homicídio doloso. A polícia investiga, segundo ela, acidente e negligência. Foram também ouvidos o irmão e a mãe da Letícia e uma testemunha que esteve no local.

As buscas pelo menino entraram no terceiro dia e não há previsão para encerrar, Thiago Rocha desapareceu no Parque Daissaku Ikeda, na localidade da Usina Três Bocas, zona rural de Londrina. O espaço está fechado há anos. Ele estava com a mãe e o namorado dela.

Conforme a polícia, o casal contou que passou a tarde no local e, assim que organizou os pertences para ir embora, colocou o menino no carro. Ainda de acordo com as investigações, a mãe e o padrasto relataram que perceberam que o garoto não estava mais no veículo a dois quilômetros do parque.

A delegada confirmou ainda que os celulares do casal vão passar por perícia, assim como o carro onde o menino teria sido colocado pela mãe antes de desaparecer.

Livia Pini também comentou a divulgação do cartaz com a foto do menino, citando uma suspeita de que ele poderia ter sido levado do parque por uma pessoa que estava no local.

As buscas no Parque Daisaku Ikeda devem continuar a ser realizadas ao longo desta semana. O telefone da polícia para denúncias e mais informações é o 181