Presidente do Irã, Ebrahim Raisi, morre após queda de helicóptero
Foto: Wikipédia

O Ministério das Relações Exteriores do Irã informou, nesta segunda-feira (20), que o presidente iraniano, Ebrahim Raisi, morreu, aos 63 anos, após a queda de um helicóptero em uma região montanhosa do país em razão das más condições climáticas no domingo (19). Raisi foi eleito em 2021 e tinha mandato até 2025. Após a confirmação da morte de Raise, Ali Khamanei, líder supremo do Irã, nomeou o vice-presidente Mohammad Mokhber como chefe de Estado interino e, na ocasião, decretou cinco de dias de luto.

Segundo a imprensa oficial iraniana, a queda do helicóptero ocorreu entre as aldeias de Pir Davood e Uzi, na província iraniana de Azerbaijão Oriental, cerca de 600 km a noroeste de Teerã, a capital iraniana. A queda do helicóptero também matou o chanceler do Irã, Hossein Amirabdollahian. Ebrahim Raisi foi eleito em 1º turno em 2021 em um pleito com abstenção recorde. Sua liderança era considerada rígida contra ativistas, mulheres e críticos do regimes da República Islâmica. Com informações do G1 Mundo.