Segunda comporta de segurança se rompe no RS, portas do comércio se fecham e região está sendo evacuada
Foto: © REUTERS/Diego Var

Foi suspensa a audiência de dissídio coletivo de greve envolvendo os trabalhadores que atuam na coleta de lixo em Londrina e a empresa Sistemma Assessoria de Construções, que presta esse serviço para a cidade. Os empregados reivindicam reajuste de 5% sobre o salário e de 10% sobre os tickets alimentação. Aberta a sessão, o sindicato profissional informou que, se não houvesse acordo na audiência, os empregados iniciariam a paralisação.

Mas durante a sessão, os trabalhadores concluíram ser difícil uma negociação com a empresa sem a participação de representantes da CMTU-, órgão da administração da Prefeitura que gerencia a área de coleta de lixo. Por essa razão, o vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho, desembargador Marco Antônio Vianna Mansur, agendou nova audiência para a próxima segunda-feira (06), com a presença da CMTU.