STF suspende julgamento com placar de 5 a 1 para descriminalizar maconha
STF suspende julgamento com placar de 5 a 1 para descriminalizar maconha | © Imagem Ilustrativa

O Supremo Tribunal Federal suspendeu novamente a votação da descriminalização do porte de maconha e de demais drogas para consumo pessoal. Contudo, o julgamento que havia sido retomada na última quinta-feira, está com placar de 5 a 1. Os ministros Gilmar Mendes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes e Rosa Weber votaram pela descriminalização.

O ministro Gilmar Mendes, relator do caso, passou a defender que somente o porte de maconha seja descriminalizado – e não todas as drogas como havia proposto em 2015, quando o processo começou a ser julgado. E para o ministro Cristiano Zanin, apesar de se manifestar contra a descriminalização, ele votou para fixar a quantidade de 25 gramas de maconha ou seis plantas fêmeas de cannabis.