Suspeito de agiotagem é preso e tem bens sequestrados durante Operação Abutre
Imagem: MP-PR

Em Cianorte, no Noroeste do estado, o Ministério Público do Paraná realizou a Operação Abutre, voltada a coibir a prática dos crimes de associação criminosa, usura (agiotagem) e extorsão. Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão, bem como ordens de bloqueio de contas bancárias e o sequestro de dois veículos.

O alvo da apuração se apresentava como empresário e é suspeito de comandar um esquema de empréstimos ilegais com juros elevados. Como forma de maquiar os valores decorrentes dos crimes, ele realizava a abertura e fechamento de diversas empresas, tanto em seu nome quanto no de sua esposa. As investigações verificaram ainda que algumas vítimas eram ameaçadas quando não honravam o pagamento das parcelas.

Além da prisão do investigado, foram apreendidos na casa dele e em endereços comerciais a ele vinculados uma grande quantidade de cheques, notas promissórias e anotações de controle da agiotagem.