Suspense alemão “Até o Cair da Noite” estreia no Ouro Verde nesta segunda-feira
Foto: Divulgação

Um policial estabelece um relacionamento de fachada para se aproximar de um conhecido traficante e colocá-lo atrás das grades. Até aí, parece uma trama comum. Porém, os dilemas e nuances que Até o cair da noite leva às telas transforma o filme alemão em um suspense carregado de sentimento e disfarce. O longa entra em cartaz no Cine Teatro Ouro Verde nesta segunda-feira (06) e permanece na programação na terça (07) e quarta-feira (08), com duas sessões diárias, às 16h e às 19h30 (de Brasília). Leni é tirada da prisão para ajudar Robert, um investigador da polícia, a se infiltrar em uma gangue de criminosos e capturar um traficante. Ela é uma mulher trans e tem um passado romântico com o policial, antes da transição. Mas, o disfarce que a operação exige colide com a parede das emoções. O reencontro mexe com os dois, e o contato com o submundo do tráfico é cenário para uma história de amor repleta de dilemas. Além da face sentimental, Robert depende da influência de Leni para o sucesso da missão e Leni depende que a parceria dê certo para se manter longe das grades. Classificado pela crítica como “Um thriller criminal que transcende as fronteiras do gênero”, Até o cair da noite é um filme noir à moda antiga. A obra tem no elenco nomes como Timocin Ziegler, Michael Sideris e Thea Ehre, que venceu com longa o Prêmio de Melhor Interpretação Coadjuvante no Festival de Berlim 2023. O filme é assinado pelo cineasta alemão Christoph Hochhäusler e a classificação é de 14 anos.

Ingressos – Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Cine Teatro Ouro Verde, localizado na rua Maranhão, n°85, no centro, 30 minutos antes de cada sessão. A entrada inteira custa R$ 20,00 e a meia, R$ 10,00. Não são aceitos cartões. Na segunda-feira (06) e nas sessões das 16 horas, todos pagam meia. Nos demais dias, estudantes, professores, doadores de sangue regular, pessoas com mais de 60 anos, filiados à OAB ou Sindicato dos Jornalistas e servidores públicos têm direito à meia-entrada. Professores ou facilitadores com cinco alunos ou mais têm isenção no valor do ingresso. Com informações da UEL.