A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabará se tornou referência em atendimento de casos de dengue, desde o dia 5 de março, devido ao aumento do número de notificações em Londrina.

O serviço de ortopedia, contudo, oferecido pela unidade, continua funcionando normalmente, com médico ortopedista de plantão 24h, aparelho de raio x, e todos os materiais e equipamentos necessários para realizar os procedimentos médicos. Com isso, a comunidade pode continuar procurando tanto a UPA Sabará, localizada na avenida Arthur Thomas, 2.390, quanto a UPA centro-oeste, localizada na rua Abelio Benatti, 3.500, para atendimento ortopédico de trauma recente, que tenha acontecido nas últimas 72 horas.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) lembra que apenas a UPA Centro-Oeste se mantém realizando os atendimentos de pacientes que apresentam sintomas gerais, como infarto, náusea, dores abdominais, entre outros, enquanto a UPA Sabará realiza o atendimento de pacientes com suspeita de dengue. Apenas o atendimento de ortopedia foi mantido sem alteração em ambas as unidades de saúde.

Veja abaixo a lista de sintomas atendidos em cada unidade:

UPA do Jardim Sabará – Pacientes com sintomas de febre acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e nas articulações, além de prostração, fraqueza, náuseas, vômitos, dor atrás dos olhos e manchas vermelhas na pele. Além dos pacientes com trauma ortopédico.

UPA Centro-oeste – Pacientes com sintomas de alteração na pressão arterial, sinais de infarto ou derrame, cortes com pequenos sangramentos, trauma ortopédico por queda ou suspeita de fraturas, febre acima de 38º, cólica renal, intensa falta de ar, convulsão, dores fortes no peito, vômitos constantes, e outras queixas agudas. Com informações do N.Com.