Vídeo íntimo do pré-candidato Barbosa Neto vaza na rede e caso é registrado na polícia
Foto: Camara dos Deputados

Após a repercussão causada pelo vazamento de um vídeo íntimo do ex-prefeito e pré-candidato à Prefeitura de Londrina, Homero Barbosa Neto (PDT), o partido divulgou uma nota repudiando a ação e dizendo que o episódio se tornou “caso de polícia”. No vídeo, o ex-prefeito aparece nu, em frente a um espelho e manda beijo para alguém — a gravação foi feita pelo próprio Neto.

Em entrevista concedida à Veja ontem (2), Barbosa Neto – que também é ex-prefeito de Londrina, disse que o vídeo é antigo e foi enviado para uma ex-namorada. Ele acredita que o conteúdo foi vazado de forma maliciosa como uma tática suja de campanha de difamação por adversários políticos.

À Veja, Barbosa Neto informou que registrou um boletim de ocorrência na polícia por difamação e que seus advogados irão acompanhar as investigações sobre os responsáveis pelo vazamento.