Com aumento de casos, Paraná alerta para importância da vacinação contra “tosse comprida”
Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) alerta a população sobre a importância de manter atualizada a vacinação contra a coqueluche, em função do aumento expressivo no número de casos. O Ministério da Saúde mostra que somente de janeiro até a primeira quinzena de junho foram confirmados 24 casos no Paraná, alta de 500% em relação ao mesmo período do ano passado, quando houve quatro diagnósticos positivos. Em todo ano de 2023, foram confirmados 17 casos.

A maioria das confirmações deste ano é da 2ª Regional de Saúde Metropolitana de Curitiba, com 18 casos, seguida da 3ª RS de Ponta Grossa (4), 15ª RS de Maringá e 19ª RS de Jacarezinho, com um caso cada uma. Não há registro de óbitos pela doença neste ano no Paraná. A coqueluche – conhecida como ‘tosse comprida’ – é uma doença infecciosa aguda respiratória altamente contagiosa.