Com recorde de participantes, Jogos Paradesportivos celebram novos campeões
Foto: SEES-PR

Mais de 2 mil atletas do Estado participaram neste final de semana dos Jogos Paradesportivos de Londrina nas modalidades Badminton, Bocha Paralímpica, Canoagem, Ciclismo, Golf 7, Natação, Taekwondo, Tênis em Cadeira de Roda, Tênis de Mesa, Xadrez, Basquete em Cadeira de Roda, Futsal para Amputados, Futsal D.I, Futsal para Surdos, Goalball, Dragon Boat, Handebol D.I, Handebol em Cadeira de Rodas, Rugby e Vôlei Sentado. A etapa final da 12º edição da competição, organizada pelo Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria de Estado do Esporte, com o apoio da Prefeitura de Londrina, reuniu 427 equipes e participantes de 66 municípios. Esse é um número recorde de participantes.

“A iniciativa faz parte da estratégia estadual de valorização do paradesporto. Assumimos o compromisso de que o Paraná seria referência no Brasil no paradesporto e isso está se concretizando”, afirmou o secretário estadual do Esporte, Helio Wirbiski. Os Jogos Paradesportivos integram a lista de jogos oficiais promovidos anualmente pelo Governo Estado. Mario Sergio Fontes, coordenador do setor do Paradesporto da SEES, afirma que Londrina já pode ser considerada a “capital do Paradesporto”. “Das 12 edições realizadas, essa foi a oitava no município. Em março, a cidade também foi uma das sedes do Festival Paradesportivo das Regionais, um evento voltado para a promoção da atividade física inclusiva. A iniciativa ofereceu oficinas de Atletismo, Golf-7 e Vôlei Sentado, com o objetivo de capacitar os profissionais que trabalharam nos jogos”, complementou.

Os Jogos Paradesportivos do Paraná também promovem novas experiências aos participantes. Quem vivenciou isso foi a delegação de Cornélio Procópio, composta por 17 pessoas. Conforme a pedagoga da Escola Municipal Procopense de Educação Infantil e Ensino Fundamental na modalidade educação especial, Rosimeire Campagnucci, os representantes do município amaram a competição. “Eles representavam Cornélio Procópio em competições como os Jogos Escolares ou disputas regionais, porém foi inédita uma participação desse tamanho”, comentou. O grupo foi composto por jovens com múltiplas síndromes e deficiências intelectuais e físicas.

Cornélio Procópio conta com um Centro de Referência Paralímpico e o convite para que os estudantes e atletas da Escola Municipal Procopense representassem o município nos Jogos Paradesportivos partiu do diretor presidente da Fundação de Esporte de Cornélio Procópio (FECOP), Valdir Bueno, e da integrante do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e da delegação procopense em Londrina, Sueli Alves Pinheiro Correa. “Eles nos procuraram e nos incentivaram a vir para cá. Estamos felizes por participar e proporcionar este intercâmbio que vai contribuir de forma imensa para a formação desses nossos jovens paratletas. Quando surgiu o convite, nossa maior preocupação era com a estrutura, mas recebemos todo o suporte necessário, nossos atletas foram alocados em hotel, recebemos alimentação e tudo mais”, comentou Rosimeire.

COMPETIÇÃO – Curitiba encerrou a participação com 9 ouros, 10 pratas e 1 bronze e Londrina conquistou 7 ouros, 1 prata e 3 bronzes. Cascavel (3 ouros, 4 pratas e 6 bronzes) e Maringá (4 ouros, 5 pratas e 3 bronzes) também tiveram grandes participações. Outros campeões foram Umuarama, São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu, Salto do Itararé e Siqueira Campos. Com informações da AEN.
[09:41, 03/06/2024] Andre Bueno: Acidente envolvendo quatro carros e um ônibus deixa uma pessoa ferida com gravidade na PR-445 em Londrina

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) divulgou que um motorista de um Volkswagen Gol, de 35 anos, ficou ferido após um acidente envolvendo quatro veículos e um ônibus na rodovia PR-445, em Londrina, na tarde de domingo (02). Conforme a corporação, o veículo Gol seguia no sentido Guaravera para Irerê, e, ao realizar uma curva aberta, invadiu a pista contrária e bateu contra um Toyota Hilux, que transitava no sentido oposto.

Na sequência, a Hilux colidiu contra Toyota Etios e Volkswagen T Cross. Logo após, um ônibus bateu no Gol. Equipes do Siate (Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência) e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) atenderam a ocorrência. O condutor do Gol foi levado ao Hospital Universitário de Londrina em estado grave. Os demais motoristas envolvidos não tiveram ferimentos.