Defesa de Barbosa Neto garante que determinação judicial não compromete planos eleitorais do ex-prefeito
Foto: Reprodução

Uma decisão judicial divulgada esta semana agitou a corrida eleitoral pela prefeitura de Londrina. A condenação de Homero Barbosa Neto, ex-prefeito de Londrina, por desvio de recursos municipais em 2022, foi mantida pela 5ª Câmara Civil da Justiça do Paraná. Conforme o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), o ex-prefeito é acusado de ter recebido propina para direcionar uma licitação de compra de materiais para a Secretaria Municipal de Educação entre 2010 e 2012. O advogado de Barbosa Neto, Jordan Rogatte, explica que a defesa ficou surpresa com a decisão.

 

Pela determinação, Barbosa, que é pré-candidato à prefeitura de Londrina nas eleições deste ano, perderia os direitos políticos por quatro anos. A defesa do ex-prefeito esclarece que a decisão do TJ não compromete em nada a possível candidatura.