Em Londrina, Bar Valentino recebe espetáculo “Naquela Mesa: Elas Cantam Nelson” nesta quinta-feira
Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (20), a partir das 21 horas (de Brasília), o espetáculo “Naquela Mesa: Elas Cantam Nelson” volta à programação do Bar Valentino, localizado na rua Faria Lima, 486. O show será uma reedição do evento que ocorreu em 2019 no espaço, sendo protagonizada novamente pelas artistas Edna Aguiar, Raquel Palma e Silvia Borba. Os ingressos para assistir ao espetáculo custam R$ 20, podendo ser adquiridos antecipadamente pelo Whatsapp com a produtora cultural Cris Resende, ou na portaria do evento.

A reedição do show também será parte do curta-documentário “Mulheres Artistas de Londrina em Trânsito”, que tem como objetivo mostrar a memória e produção cultural de Londrina por meio da perspectiva feminina, apresentando seus retratos, vozes e individualidades. Em 2019, o espetáculo “Naquela Mesa: Elas Cantam Nelson”, foi produzido por Rogério Cavalcante e Rovilson Pascoal, vindos de São Paulo, que convidaram as cantoras Edna Aguiar, Raquel Palma e Silvia Borba para participarem de uma homenagem ao centenário de Nelson Gonçalves, cantor e compositor brasileiro de sucesso da décadas de 40, 50 e 60. O show também fez parte das comemorações dos 40 anos que o Bar Valentino realizou naquele ano.

O repertório desta quinta-feira (20) será semelhante ao realizado há cinco anos. Entre as músicas que serão apresentadas pelo trio está a composição “Naquela Mesa”, escrita por Sérgio Bittencourt e gravada por Nelson Gonçalves, e músicas de Adelino Moreira, do próprio Nelson Gonçalves e de Herivelton Martins.

Mulheres Artistas de Londrina em Trânsito – A produção do curta-documentário surgiu a partir da vontade de Raquel Palma, Silvia Borba e Edna Aguiar de trabalharem juntas novamente e refletir sobre o cotidiano da produção cultural de diversas mulheres artistas e produtoras da cidade de Londrina. O documentário também mostrará o encontro das três artistas nos palcos e como a cultura londrinense permeia suas vidas.

A junção do trio para a criação do projeto se deu a partir da participação do “Naquela Mesa: Elas Cantam Nelson”, em 2019, e a partir do show “Mulheres em Trânsito”, realizado pela artista Raquel Palma, com participação das cantoras Silvia Borba e Edna Aguiar. Com recursos financeiros da Lei Paulo Gustavo, através da Secretaria Municipal de Cultura de Londrina, o projeto escrito pelo grupo atualmente está em fase de pesquisa e gravação.

Segundo a cantora Silvia Borba, pela escassez de registros e gravações, resgatar e procurar os repertórios realizados há cinco anos vem sendo um desafio, ainda que seja prazeroso reviver os espetáculos. “Também está sendo muito emocionante, pois o show foi um encontro muito lindo e um momento único pela comemoração do centenário do Nelson Gonçalves, mas que ficou sem registro. Agora, o desafio é resgatar tudo isso.”

Para as artistas, homenagear Nelson Gonçalves é um grande privilégio e uma forma de resgatar memórias e experiências que uma vez foram vividas. “Nelson Gonçalves é uma coisa imensurável, artisticamente falando. É uma emoção, um grande aprendizado e é um privilégio homenagear Nelson Gonçalves”, pontuou Palma.

Para Borba, é uma volta às suas experiências de vida. “É um lugar que me deixa confortada e acolhida”, refletiu. Já para Aguiar a nova apresentação significa reaver uma memória que está “além dos nossos territórios e gerações”, completou. Com informações do N.Com.