Prefeitura de Londrina entrega duplicação da marginal da rodovia PR-445
Foram investidos R$ 5.783.916,69 para a duplicação do trecho da marginal da PR-445. Foto: Emerson Dias / N.Com

A Prefeitura de Londrina entregou, na terça-feira (30), as obras de duplicação da marginal da rodovia PR-445, liberando o trânsito no local. A duplicação da marginal da PR-445 tem extensão de cerca de 400 metros e inicia no Terminal Urbano Acapulco, na região sul, indo até a rotatória do viaduto da avenida Dez de Dezembro, na altura da avenida Presidente Eurico Gaspar Dutra. A intervenção foi realizada na passagem paralela à rodovia, duplicando a rua Pedro Botelho de Rezende. As obras de duplicação fazem parte do pacote de revitalização do Terminal Urbano Acapulco, localizado na avenida Chepli Tanus Daher, s/n, que foi reconstruído pela Prefeitura e quase dobrou de tamanho.

O objetivo das intervenções é melhorar o tráfego nessa abrangência e facilitar o acesso de ônibus ao Terminal Acapulco, evitando a passagem dos veículos de transporte coletivo dentro do bairro. As melhorias também contemplam a readequação geométrica da rotatória da avenida Dez de Dezembro que passa por baixo da PR-445. Com a duplicação da marginal, o sentido da via ficou em duas mãos, sendo que quem transita da Dez de Dezembro passando pelo pontilhão pode fazer a conversão à direita e chegar mais facilmente ao terminal de ônibus.

Com isso, os veículos do transporte coletivo não precisarão mais circular pelas ruas do bairro, evitando trajetos mais extensos e trazendo mais segurança aos moradores dessa abrangência. Para disciplinar o trânsito no local houve instalação de nova sinalização. “Antes de finalizada a duplicação da PR-445, os ônibus precisavam passar por dentro do Jardim Acapulco. Agora, com a marginal também duplicada, esse fluxo será facilitado. Sabemos que ônibus dentro de bairro, com ruas estreitas, gera um problema de buraco nas ruas, rachadura nas casas, e isso agora está solucionado”, ressaltou o prefeito Marcelo Belinati (PP).

O secretário municipal de Obras e Pavimentação, João Verçosa, disse que a obra foi necessária para o bom funcionamento do Terminal Acapulco. “Agora, não vai mais haver o transtorno dos ônibus passarem dentro do bairro, que era uma reclamação antiga dos moradores. Isso garantirá um acesso mais rápido para o terminal, na chegada e saída dos ônibus”, disse. Foram investidos R$ 5.783.916,69 para a duplicação do trecho da marginal da PR-445. A empresa responsável pelas obras, vencedora do processo licitatório, é o Consórcio Acapulco, constituído pelas empresas Costa Oeste Construções LTDA e Fungeo Fundações e Geologia LTDA. Com informações do N.Com.