Santuário de Londrina é escolhido como cenário para gravação do filme “Das Cinzas às Cinzas”
Imagem: Divulgação/Santuário

A movimentação no interior do Santuário de Nossa Senhora Aparecida, na Vila Nova, em Londrina, foi diferente na última sexta-feira (5). É que o local foi escolhido para ser cenário para a gravação de uma cena do curta-metragem “Das Cinzas às Cinzas”, produzido pela produtora do Leste e pela Kinoarte. Produção, direção, cinegrafistas, além dos atores e de outros integrantes da equipe técnica estiveram presentes no espaço durante a tarde para as gravações, que chamaram a atenção dos fieis que passaram pelo local.

“Fomos convidados como locação do espaço e abrimos as portas para a equipe do filme. Afinal, a Casa da Mãe Aparecida é a casa de todos os seus filhos. E sabemos como o Santuário tem sido cada vez mais procurado pelas pessoas, tornando-se uma referência em toda a Arquidiocese de Londrina, no Paraná e no interior de São Paulo”, afirma o padre Rodolfo Trisltz, pároco e reitor do Santuário. De acordo com a produçãpo, o filme conta a história de uma jovem do interior do Paraná que sai de um colégio de freiras para descobrir seu lugar no mundo, suas potencialidades e suas possibilidades de conexão com várias instâncias do imaterial.

Outros locais também serviram como cenário para as gravações. A produção conta com subsídio do município de Londrina, via Lei Paulo Gustavo. Em junho, a produção selecionou figurantes mulheres entre 20 e 60 anos para participarem das gravações do curta, que foram realizadas entre os dias 1º e 5 de julho. Ainda não há data para estreia do filme.