Sobe para 39 o número de mortos pelas chuvas no Rio Grande do Sul, afirma Defesa Civil
Foto: marcelocaumors/Instagram | A medida visa agilizar o atendimento da Defesa Civil Nacional e dos órgãos competentes à população do Rio Grande do Sul afetada pela passagem do ciclone extratropical nesta semana

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul informou que subiu para 39 o número de mortos por causa das chuvas intensas e enchentes que atingiram várias cidades do Estado. Duas pessoas morreram nos municípios de Cruzeiro do Sul e Imigrantes. Do total de óbitos, 14 ocorreram em Muçum, nove em Roca Sales, quatro em Cruzeiro do Sul, três em Lajeado, dois em Estrela e Ibiraiaras tem duas mortes cada; e Mato Castelhano, Passo Fundo, Encantado, Santa Tereza e, agora, Imigrantes tem um óbito cada. A Defesa Civil do Estado afirmou que nove pessoas continuam desaparecidas.

As chuvas causadas pelo ciclone extratropical inundaram cidades, derrubou pontes, destruiu lojas e deixou vários estragos na infraestrutura do estado. Nas redes sociais, um vídeo mostra quando dois homens em um barco passam ao lado de um grupo de porcos que se abrigou no telhado de uma casa. Em outro, um usuário filmou uma ovelha pendurada em um fio de luz. Até o momento, 79 municípios foram afetados, deixando 2,500 pessoas desabrigadas e 3.500 desalojadas.

No total, foram resgatadas 2.745 pessoas. Com informações da Agência Brasil.