UEL prepara eventos e ações de recepção aos ingressantes do ano letivo 2024
Foto: O Perobal - UEL

O ano letivo de 2024 terá início na próxima segunda-feira (17) para mais de 12,6 mil estudantes de graduação da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Contando com 2,8 mil ingressantes por meio dos processos seletivos Vestibular e Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a comunidade universitária da UEL será acolhida pela administração com uma série de eventos e ações inseridas na Semana de Recepção (SER UEL) 2024. As boas-vindas oficiais da reitora, Marta Favaro, serão na quarta-feira (19) em dois horários, 11h30 e 19h, na praça do Restaurante Universitário (RU), no Campus Universitário.

As informações referentes às ações programadas pelos colegiados dos cursos já estão disponíveis e reunidas no portal SER UEL. Nos dois primeiros dias da Semana de Recepção, estão programadas atividades nos cursos de Graduação. No endereço eletrônico, os candidatos aprovados irão encontrar as orientações para a primeira e mais importante tarefa enquanto ingressantes: a confirmação das suas matrículas. A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) orienta que os ingressantes realizem a confirmação impreterivelmente até o dia 21 de junho, indicando que desejam se tornar alunos da UEL. Caso contrário, estarão desistindo das vagas. O procedimento deve ser realizado no Portal do Estudante de Graduação.

Para apoiar os estudantes, a Prograd vai disponibilizar um computador entre os dias 17 e 20 de junho, até às 20h, e no dia 21 de junho, até às 17h. A reitora da UEL, Marta Favaro, convida os ingressantes a conhecerem todos os serviços, espaços e possibilidades, ofertadas pela UEL por meio de centenas de projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão, além de laboratórios, bibliotecas e órgãos suplementares e de apoio. Em uma mensagem preparada especialmente aos novos alunos e alunas, a reitora também os convida a vestirem a camisa da campanha “Antesdetudo#EuRespeito”, pautada pelos valores da urbanidade, respeito às diferenças e de combate ao racismo, homofobia e assédio sexual na Universidade.

No vídeo, Marta Favaro reforça que toda a comunidade universitária da UEL, dos estudantes aos servidores e professores, está amparada por espaços de recebimento de denúncias, como a Ouvidoria Geral, e de mediação e resolução de conflitos, como a Procuradoria Jurídica Universitária (PJU) e o Núcleo de Integridade e Compliance (NIC), ligado ao Gabinete da Reitoria. Também é função dos coordenadores e vice-coordenadores de colegiados atuarem no apoio aos estudantes, assim como chefes de departamentos e equipes das diretorias dos centros de estudos. O objetivo da administração é colocar a estrutura da UEL à disposição de todos, atuando também na orientação e prevenção dos episódios violentos em festas e eventos de recepção. Para isso, uma série de palestras foi realizada com alunos concluintes dos primeiros anos da graduação no segundo período letivo de 2023 e que serão os responsáveis por receber os ingressantes a partir desta semana. Com informações da UEL.