28 faccionados são presos em Londrina e outras cidades por crimes a partir de presídio
O crime foi em outubro de 2019, quando o jovem, com 21 anos na época, voltava do trabalho à noite | Foto: Ilustrativa

O Ministério Público do Paraná, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Cornélio Procópio, realizou nesta segunda-feira (01), a Operação Insensibilis, que culminou na prisão preventiva de 28 integrantes de facção criminosa que atua a partir de presídios – 20 dos requeridos inclusive já se encontravam detidos. Foram cumpridas ordens de busca e apreensão nas cidades de Carlópolis, Congonhinhas, Cornélio Procópio, Ibaiti, Loanda, Londrina, Santa Cecília do Pavão e Santo Antônio da Platina.

A investigação do MPPR trata de desarticular o grupo criminoso, que atua com células específicas, para ilícitos diversos, como jogo do bicho e tráfico de drogas, agindo na Cadeia Pública de Cornélio Procópio. Dos investigados, 17 exerciam funções de liderança na facção. Os demais auxiliavam no financiamento, contribuindo com a compra de drogas e participação no jogo do bicho.

Durante a operação também foram apreendidos entorpecentes (crack, haxixe e cocaína), anotações e mais de R$ 23 mil em espécie. As prisões e buscas foram executadas com apoio de agentes da Polícia Militar de Londrina.